13 março, 2010

O Caçador de Pipas de Khaled Hosseini

13 março, 2010

"O caçador de pipas conta a história de Amir, um afegão há muito imigrado para os Estados Unidos, que se vê obrigado a acertar as contas com o passado e retorna a seu país de origem.

O ponto de partida do livro é a infância do protagonista, quando Cabul ainda não era a capital do país que foi invadido pela União Soviética, dominado pelos talibãs e subjugado pelos Estados Unidos.

Este romance conta a história da amizade de Amir e Hassan, dois meninos quase da mesma idade, que vivem vidas muito diferentes no Afeganistão da década de 1970. Amir é rico e bem-nascido, um pouco covarde, e sempre em busca da aprovação de seu próprio pai. Hassan, que não sabe ler nem escrever, é conhecido por coragem e bondade. Os dois, no entanto, são loucos por histórias antigas de grandes guerreiros, filmes de caubói americanos e pipas. E é justamente durante um campeonato de pipas, no inverno de 1975, que Hassan dá a Amir a chance de ser um grande homem, mas ele não enxerga sua redenção. Após desperdiçar a última chance, Amir vai para os Estados Unidos, fugindo da invasão soviética ao Afeganistão, mas vinte anos depois Hassan e a pipa azul o fazem voltar à sua terra natal para acertar contas com o passado."
Sinopse


Dos vários assuntos que podem ser tratados através deste livro, o que quero destacar é um fator importantíssimo, a amizade.
Hassan mostra um exemplo de amizade, estando sempre ao lado de Amir nos momentos em que precisava. É o que fazem os amigos, nos ajudam com nossos problemas, estão sempre do nosso lado independente do que aconteça e tentam de todas as formas nos ajudar! E é à eles que dedico esse post. Os amigos, os verdadeiros amigos! Os que vemos todos os dia ou apenas de vez em quando, os que moram longe ou perto, até mesmo aqueles que não vemos há anos, mas sabemos que estão sempre prontos a nos ajudar!

Agradeço à eles, meus amigos! :)

6 comentários:

Niltinho (de Freitas) disse...

Ahh achei lindo!

Gostei pacas do seu blog!

e das postagens também. Assim que der eu vou por o link lá no meu tá?! Beijos e continue postando.

Ahh as dicas eu te passo por msn mesmo.

Thamy disse...

Ai desculpa, o comentário acima foi eu Thamy que fiz. é que eu tô arrumando o blog do meu amigo nilton ai esqueci que estava logada com o blogger dele. hehehe

Anônimo disse...

Já li este livro é lindo!!!!!!!!! Parabéns pelo post! Gabriela

Helena Mayrink disse...

Esse livro é MUITO bom! Dramático, mas incrível!
Sobre o seu comentário... Eu li a série completa de Crepúsculoe admito que gostei bastante. É bastante do que as pessoas falam, bem legal mesmo. E quanto a todos os fãs malucos da série... bem, é isso que é ser fã, né.
Beijo,
Helena.

Michelle disse...

Este livro é bom demais! Apesar de se tratar de uma ficção, relata a realidade que permeia o Afeganistão detalhando as cidades, as roupas dos personagens e principalmente a cultura, os costumes tão peculiares deste povo. Inevitável é falar sobre a postura dos protagonistas do livro, Hassan e Amir. Um tão adimirável e o outro tão miserável, mais uma vez o autor foi de extrema maestria ao descrever sentimentos e condutas tão humanas como a covardia, o medo, a fidelidade, a amizade...
Indico a quem se interessar o livro: a cidade do sol, do mesmo autor de o caçador de pipas, muito bom também.

Sarah Alcântara disse...

Ai que lindo!!!Amiga!

Postar um comentário

Se gostou ou não, fico feliz por ter lido. Então não xingue, não ofenda outras pessoas e etc. Sendo assim, seu comentário me alegra e agradeço por ele. Obrigada! (: